Lucrécia




Traga-me um cálice de veneno,
hoje vou matar você em mim
ceifar o sentimento
queimar o pensamento
eliminar qualquer resíduo
de lamento
chega!
de amar em segredo
degredo do coração
chega de perder o tempo
chega de caminhar sem direção.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Síndrome de pavão

Atados